Sobre

Sobre mim: Ricardo Mattos Duarte, Gerente de TI, fuçador, marceneiro de final de semana, curioso, pai, marido, amante de madeiras

Por que Peroba?

Desde pequeno convivi com construções na cidade do interior onde passei a infância, e a madeira das obras é a Peroba!!! sempre conseguíamos um pedaço de caibro para fazer um eixo ou uma tábua para fazer a carroceria de carrinho de rolimã, ou um pedaço em ângulo que saía das vigas do madeiramento de telhado que acabava virando carrinho de brinquedo... com esse negócio de fazer carrinho de rolimãs e pegar tocos em obras a Marcenaria e Carpintaria com peroba esteve sempre no cardápio.

 

Por ser assim, nunca entendi ou aceitei o fato dessa madeira não estar no mesmo nível dos mognos e cerejeiras da vida... no meu olhar leigo e inocente de marceneiro de fim de semana, madeira era tudo igual.

Oportunidade

Quando compramos nossa casa da década de 50 e decidimos reforma-la de cabo a rabo, retiramos todo o madeiramento do telhado e usamos um sistema construtivo de cobertura diferente... resultado... toda a madeira do telhado do século passado em peroba rosa desceu e ficou disponível para qualquer tipo de projetos que quisessemos realizar.

 

Nenhum toco foi jogado fora... tudo aproveitado nos mais diferentes usos... escada, esquadria, guarda-corpo, móveis, etc... Com esse contato muito maior com a madeira foi possivel enxergar as possibilidades.

Culinária e Internet

Com o advento da Internet, o meu gosto por culinária e marcenaria tornou-se sem limites.

 

Sempre cozinhei e marceneirei... mas com as ideias postadas na internet as coisas tomaram rumos bem diferentes... entendi a possibilidade do DIY (Do It Yourself) crescer aqui no Brasil e criar toda uma indústria em torno dos que gostam do assunto.

 

Criar utensílios domésticos, Gadgets e móveis diferenciados dos oferecidos com essa madeira pareceu a melhor ideia... ajudar para que as idéias dos outros se tornem realidade... uma meta a ser alcançada!!